Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

​​​​A atividade económica global inverteu a recessão observada em 2020 em virtude dos efeitos da crise pandémica, registando uma recuperação em 2021, e consequentemente a economia nacional beneficiou-se de um enquadramento externo mais favorável.

O desempenho da economia nacional, em 2021, foi marcado igualmente, pela recuperação económica, impulsionada pela reabertura das atividades económicas, pelo avanço da taxa de vacinação no país e o consequente alívio das restrições impostas e das medidas de contenção relacionadas com a Covid-19, bem como, pelo efeito das medidas monetárias e orçamentais visando mitigar os efeitos da crise pandémica sobre a liquidez e o rendimento das famílias mais vulneráveis e das empresas. Assim, de acordo com as estimativas trimestrais das contas nacionais do Instituto Nacional de Estatísticas, o produto interno bruto em volume cresceu, em 2021, sete por cento, o que compara com a recessão histórica de 14,8 por cento registada em 2020.​​


Documentos