Banco de Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde

Relatório de Política Monetária

As estatísticas e indicadores de tendência da atividade apontam para a manutenção de um quadro de retoma da dinâmica económica no primeiro semestre, ancorada num contexto externo mais favorável ao crescimento da procura turística e do investimento direto no país e numa conjuntura de contínua melhoria do clima económico e aumento da oferta de crédito.

A performance favorável da economia nacional no primeiro semestre, as melhores perspetivas quanto ao contexto externo e as orientações das políticas macroeconómicas sustentam o cenário de crescimento económico próximo de quatro por cento, tanto para 2017 como para 2018.

 

A orientação da política monetária deverá continuar a estimular a procura interna, garantida a ausência de pressões significativas nas reservas externas e na inflação. Entretanto, no plano estrutural, para a expansão da oferta agregada e do potencial de crescimento, o país enfrenta o desafio de implementar adequadamente reformas que induzam o aumento da produtividade total dos fatores.