Banco de Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde

Implementação da Política Monetária

A variável chave para implementação a Política Monetária é a meta operacional.A escolha da meta depende não só da estratégia do Banco Central mas também do grau de desenvolvimento do sistema financeiro.

A par da taxa de disponibilidades mínimas de caixa (DMC), as taxas de juros de referência, de cedência e de  absorção desempenham um papel importante no quadro operacional devido ao regime cambial e à progressiva liberalização do movimento de capitais de que goza o nosso sistema, tendo ainda em atenção à evolução das taxas euribor, instrumentos relevantes da Zona Euro.


O BCV determina a sua taxa de juro (policy rate) para intervir no mercado monetário das operações e essa taxa deve acompanhar, na medida do possível, a evolução das taxas de juro na Zona Euro. A implementação da Política Monetária consiste, portanto, num processo que procura, por um lado, uma boa gestão da liquidez do sistema através da taxa das DMC e, a um outro nível, via taxas de juro directoras, visando, em última instância, garantir um nível de reservas que seja compatível com a defesa do peg e manutenção da estabilidade de preços.